Os filhotes de pug são muito fofos, simpáticos e encantadores. São companheiros e estão sempre dispostos a agradar a família, normalmente se dão bem com qualquer um, sendo outros animais ou pessoas.
Para que o Pug tenha essa conduta, é necessário que enquanto filhote, ele passe por um bom processo de socialização. Por isso, entre outros motivos, não entregamos nossos filhotes antes dos 90 dias. Os filhotes de Pug precisam passar por diversas situações, dentre elas os "puchões de olheira" da própria mãe.

Os pugs tem um temperamento incrível, são cães de companhia e desempenham extremamente bem essa função.

Os olhinhos dos Pugs são proeminentes (saltados) e necessitam de cuidados especiais, as brincadeiras e interações dos pugs com outros animais devem ser monitoradas, pois como seus olhos ficam mais expostos, podem ocorrer arranhões que levam o olho a desenvolver a úlcera de córnea.
Outro exemplo que acomete a raça pug com frequência é a exoftalmia (olho sai para fora da órbita). Pode ocorrer quando ouver pressão na região da cabeça ou dos olhos do pug. Espirros também podem resultar neste quadro. Caso isso aconteça com seu pug, aconselhamos você a procurar auxílio de um médico veterinário o mais rápido possível, para que o quadro tenha maior chance de ser revertido.

A pele do Pug merece cuidados especiais. Por terem muitas rugas, eles são bem mais propensos a problemas de pele. Mantenha sempre a pele e pelos do seu pug sempre secos.
É muito comum as dobrinhas próximas ao focinho terem um mal cheiro, por ficarem mais úmidas, acabam desenvolvendo fungos e bactérias, se tornando algo que incomoda tanto o cão quanto o proprietário.
Para evitar que isso ocorra, aconselhamos limpar as dobrinhas do seu pug, com algodão e soro fisiológico.

Os ouvidos dos pugs também devem ser limpos, mas jamais introduza qualquer objeto no ouvido do cãozinho, pois poderá acabar machucando o mesmo. Utilize uma luva e um pedaço de algodão, levemente umedecido com soro fisiológico ou álcool, introduza lentamente no ouvido do seu pug e limpe delicadamente.

Os Pugs são cães de pequeno porte, precisamos estar atentos aos saltos, como por exemplo do sofá ao chão, pois esse impacto pode resultar em problema na coluna.
Mantê-los dentro do peso é um fator bem importante para que os membros do pug não sejam sobrecarregados e os mesmos não desenvolvam problemas futuros.

Não indicamos que os pugs façam atividades físicas intensas, pois eles não são cães que suportariam tamanha atividade.
Prefira caminhadas leves em horários em que o sol não esteja forte demais.
Atenção também aos dias de calor intenso, uma vez que a hipertermia (aumento exagerado da temperatura do corpo) pode colocar a vida do animal em risco.
Mantenha o seu Pug sempre hidratado.
Seu pug agradece!

Médica Veterinária e Criadora
Iriane Britto
, 22/10/2019

Entre em contato

Ninhadas

Robert de Niro   Dorothy

Robert de Niro x Dorothy

Nascimento: 17/09/2019

  Conheça

Robert de Niro x Dorothy

Nascimento: 17/09/2019
Machos: 3
Fêmeas: 3
Disponíveis: 2